quarta-feira, 16 de maio de 2012

A vizinha


                               Meu nome é Luciana,tenho 24 anos sou prof de Ed. .Fisica e moro sozinha. Tenho uma rotina normal,de casa pro trabalho do trabalho pra casa e sou noiva a 3 anos. Há uns meses atras eu estava trocando de roupa no meu quarto quando eu percebi meu vizinho olhando ( meu vizinho,um senhor de 45 anos,casado,cabelos levemente grizalhos, um senhor normal). Sai disfarçadamente de frente da janela e troquei a roupa,depois fiquei pensando se aquilo seria a primeira vez que isso havia acontecido. Será?

                               No  outro dia com a minha rotina de normal,cheguei em casa e fiz as mesmas coisas,na hora de ir me trocar olhei disfarçadamente para janela e lá estava ele,sai de frente da janela e fiquei intrigada com aquilo. Será que ele ja tinha visto algo a mais? Fiquei um pouco envergonhada depois excitada e muito intrigada.
 
                               No outro dia fiquei pensando muito naquilo,e começo a me da um tesão sobre ele ficar me olhando. Cheguei em casa novamente e fui tomar banho, eu sempre levava a calcinha e o sutiã e só colocava a roupa no quarto mas nesse dia voltei sem nada, abri o armario e começei a tirar a toalha bem devagar e olhando para janela ví que ele estava olhando, sentei na cama, tirei a toalha e começei a passar um creme no corpo e alisava bem minhas coxas, minha barriga e ele me via de lado, como meus seios sao grandes devido ao silicone eu imaginei que ele devia ta se deliciando, entao passei o creme nos meus seios me levantei e rapidamente começei a por a roupa.
 
                              Quando olhei meio sem deixar ele perceber ele estava com a mão na rola desesperado, acho que ele percebeu que eu vi mas preferi deixar o tesao no ar.
 
                              Nos outros dias me mantive trocando a roupa na frente da janela e sempre passando a mão nos meus peitos, no meu corpo e ele louco algumas vezes  fingia que pegava alguma coisa no chao so para deixar meu bumbum pra ele ver eu dei uma olhade-la e percebi que ele estava com a mão na rola… Aquilo me excitava de maaaaais.

                               Em um domingo ví que ele estava no quintal sentado na cadeirinha dele e resolvi atiçar um pouco,coloquei uma saia sem calcinha e fui mexer na cortina, coloquei uma cadeira subi, coloquei um pé na janela pra ele poder ver. Quando eu olhei ele estava la sentado com a rola pra fora, tocando uma punheta pra mim, fiquei com mais tesão ainda e começei a deixar minha camista cada vez mais pra cima e acho que ele percebeu que eu estava sem calcinha, descia da escada pegava um pano, virava o bumbum pra ele, depois voltava subia a escada e continuava a fingir que estava limpando algo e ele ali batendo uma até que eu vi que ele estava gozando pra mim,desci da cadeira e fechei acortina.

                            Passando umas duas semanas eu me mantivi tirando a roupa me acariciando e ele sempre tocando uma punheta lá, eu ja estava morrendo de tesão louca pra poder ser comida por ele, sentir todo o seu tesao por mim, sabia que ele ia me fuder com vontade. Mas respirava e conseguia me controlar apesar que a vontade de me mostrar pra ele so aumentava.

                            Um dia de semana, meu noivo foi para minha casa, eu coloquei a cama em direção a janela e começei a beijar meu noivo, quando olhei, aconteceu o que eu queria, lá estava meu vizinho olhando agente, me empolguei toda, coloquei meu noivo em cima da cama e começei a chupa-lo,com muita vontade, e quando olhei estava ele com o pinto pra fora, meu noivo ficava virado contra a janela e eu podia ver meu vizinho sem meu noivo perceber, chupando o meu noivo, jogava meu cabelo e escondia pra onde eu olhava mas eu olhava para o meu vizinho nos vendo ali.
 
                           Eu ja muito empolgada, aticei mais um pouco,tirei minha roupa e sentei com minha bucetinha na cara do meu noivo, meu vizinho me via me contorcendo de prazer com meus seios balançando de frente pra ele, mau sabia meu vizinho que meu noivo chupava minha bucetinha e acariciava meu cuzinho, eu nao sou de ferro e me contorcia de prazer. Foi quando me virei e fui fazerum 69 com meu noivo, imagino que ele se deliciava vendo meu rabao sendo aberto e chupado pelo meu noivo.

                          Em um momento sentei novamente com meu bundao na cara do meu noivo e olhei para tras, meu vizinho tava lá olhando e nessa hora ele tirou todas as duvidas que tinha pois eu dei um sorrisinho pra ele me levantei nua ate a janela, eu o olhava babando por mim, dei um leve sorriso e fechei as cortinas.

                         Volto em breve para contar a continuaçao...


Luciana

terça-feira, 8 de maio de 2012

Cintia a Socialite safada





Cintia, uma loira à la Mari Alexandre, de 39 anos, casadinha tme um casal de gemeos, Talita e Junior, tinha como amante o sócio e melhor amigo de seu marido!! Ele a completava em todos os sentidos sexualmente, nunca deixando Cintia ficar sem sentir profundos prazeres.
Ela agora imaginava o quê Rafer, seu amante, poderia inventar para continuar com seu libido aceso. Só em pensar no que Rafer tinha proporcionado a ela naquela tarde, a fez estremecer de volúpia enquanto espalhava um cheiroso creme anti-rugas em volta de seu cuzinho, todo inchadinho devido a enrabação maravilhosa que ela teve há uma hora atraz!
Cintia se entregava a todo tipo de volúpia a que Rafer lhe sugeria. 






Nesta tarde, Cintia tinha se encontrado com um jovem executivo que representava uma firma que Rafer achava que não seria bom para o complexo de empresas da familia. Rafer tinha seu próprio candidato, mas não queria que Tadeu, seu marido e o resto da presidência soubessem. Assim uma semana atrás, na recepção após o lançamento dos editais, Rafer indicou a Cintia a quem ela tinha que seduzir!!
Essa coisas há muito já eram rotina entre Rafer e Cintia. E ela adorava isso, se realizava completamente. Se dava até desmaiar de tanto gozo! Cintia sabia que Rafer a protegeria de todas as maneiras, portanto o risco que havia era somente se o macho falhasse!!
Toda o glamour da traição ao maridinho, associado aos enredos maquiavélicos de Rafer para conseguir mais poder, sendo ela o instrumento desta maquinação, eram a gloria personificada do orgasmo!!
Assim, quando o jovem executivo estacionou no anexo da presidencia, encontrou a esposa do presidente da companhia tentando coletar o que tinha caído de sua bolsa. Ele a ajudou ao mesmo tempo que não tirava os olhos do generoso decote de Cintia e de suas coxas que se mostravam quase pela metade. Quando ele olhou mais atentamente no rosto dela, viu que havia algumas lágrimas.
Pergunta feita e Cintia lhe respondeu que descobriu que Tadeu, seu marido, tinha lhe traído e voltou a soluçar. Ele a consolou e sutilmente Cintia fez com que ele a levasse para dentro do carro dele.
O que eles não sabiam é que Junior, filho de Cintia e Tadeu, os tinha visto da ampla janela da sala de seu pai.
Seu pai estava lhe passando uma descompostura por ele não estar correspondendo na faculdade e ficar comprando qualquer novidade que aparecesse, como aquela moderníssima máquina fotográfica, já que ele tinha outras. Junior observou toda a cena e viu através do pára-brisa do carro daquele estranho, quando ele beijou sua mãe, que a principio parecia resistir, mas que logo em seguida passou a mão para nuca dele e colou seus lábios no dele.
O cara estava alucinado e passava as mãos por todo o esplendido corpo de sua mãezinha! Inclusive ela própria retirou um dos seios da blusa para ele beijá-lo!
Junior foi traído por seus hormônios e se viu com todo sua genitália em fogo...e por sua mãe! Sua querida mãezinha estava lá embaixo dentro do carro de um estranho sendo beijado nos seios! Não resisitindo, Cintia com destreza abriu o ziper do executivo e expondo a rola pra fora, foi descendo a cabeça até abocanhar metade da tora roliça e começar a chupar com avidez! Prontamente Junior focou a imagem com sua camera e disparou diversos cliques!! O belo e jovem executivo não soube esconder sua arrogância, embora de modo discreto, por ter conquistado a maravilhosa esposa de seu futuro sócio!!

Ao chegarem ao motel, eles se demoraram nas preliminares, pois Cintia parecia ter uma verdadeira adoração por fazer boquete e finalmente ele se julgou the king of the world quando Cintia concordou em se deixar enrabar!! Ela lhe disse que esta seria sua segunda vez, pois a primeira tinha sido um desastre e nunca mais ela deixou seu marido fazer de novo!!
Quando Cintia realmente gozou com aquela torona todinha dentro de seu tunelzinho anal, o jovem tinha certeza que nada neste mundo lhe seria impossível! Até aquela
fantástica mulher, famosíssima esposa do Tadeu, o presidente de um dos maiores conglomerados industriais do sul do país, estava alí se contorcendo com aquelas rechonchudas nádega sugando seu caralho com o cuzinho!!
O jovem executivo gozou tanto que não teve forças para mais nada! Mesmo quando Cintia retirou a camisinha com quase tres colheres de sopa de semem dentro e lhe fez um boquete, sem resposta!
Então, o jovem executivo perdeu sua hora da entrevista e o candidato de Rafer foi contratado em seu lugar. Era nisto que ela estava pensando, já de volta a sua mansão, enquanto
sentia a ardência de seu anelzinho na ponta dos dedos ao passar um creme rejuvenecedor!! No jantar, estava Cintia, o marido Tadeu e o filho Junior, que ela julgava como um zero a esquerda! Talita, a formosíssima filha estava ausente. Tadeu mencionou qualquer coisa de que fulano de tal chegou quase três horas depois da reunião marcada e que por isso a diretoria teve que assinar a parceria com outro representante... e coisa e tal!!
Cintia fingia não se interessar, mas por dentro se sentia em estado de pré-orgasmo, por saber exatamente o que tinha acontecido \"por detrás dos bastidores\"!!

segunda-feira, 7 de maio de 2012