sexta-feira, 20 de abril de 2012

Meu marido me entendeu










Ola, vou tentar escrever a situação que esta acontecendo na minha vida, me chamo Fernanda, sou casada a 8 anos com Marcelo, um homem verdadeiramente atencioso e apaixonado, ele tem 35 anos e eu 24, sou morena, cabelos longos, um corpo definido apesar de naõ praticar academia, sou muito cortejada pelos homens, me sinto ate envergonhada em algumas cituaçoes, pelo meu marido é claro, estes homens naõ se importam muito com a presença dele. Bom, vamos aos fatos, desde q casei nunca consegui esquecer um namorado da adolescencia de minha cidade natal, Claudio é o nome dele, a 4 anos meu casamento nao ia muito bem, resolvi procurar por Claudio, consegui o telefone dele atraves de uma amiga minha, conversamos alguns dias, ele estava morando em uma cidade grande proxima a minha, estava fasendo medicina, tivemos algumas conversas banais, mas ele sempre fazia questaõ de dar umas investidas, eu claro me fazia de dificil, mas por dentro aquela vontade de rever aquele homem maravilhoso, q nunca tinha saido de minha mente, bom passaram alguns meses só nisso, qdo tive q faser uma viagem a cidade dele, naõ avisei nada a ele, chegando la fiquei na duvida se procurava por ele, q duvida, bom mas a vontade falou mais alto, meu casamento naõ ia bem, eu tinha direito, liguei pro Claudio e ele ficou surpreso com minha estadia em sua cidade, perguntou onde eu estava, veio ao meu encontro e ficamos conversando em um barzinho por algumas hs, ai naõ tive como me segurar, Claudio sabia de minha necesidade por ele, sentiu isso, meu corpo tremia só em ouvir a voz dele, me fez um convite ao seu apartamento, naõ tive forças p negar, em 8 anos de casamento estava proxima de ser possuida por outro homem q naõ fosse o meu marido, mas eu precisava.  

               Meu marido e um homem bonito, mas muito pegajoso, nao tinha um penis grande, isso fazia muita diferença p mim, ao chegar no ap de claudio ele me ofereceu uma cerveja, aceitei na hr para relaxar, eu tinha ido c um vestidinho curto de alçinha, uma calcinha minuscula enterrada no meu bunbum, adoro, pois tenho uma bundinha muito empinada, os seios saõ bem grandes e durinhos, meus mamilos saõ dilatados, me entregam sempre qnd estou exitatda, claudio ja estava percebendo minha inquietaçaõ e se aproximou de mim, fasendo um carinho em minha face, e se aproximando de mim c um olhar inrestivel, nos beijamos por quase 10 min, q coisa exitante ser beijada c o tesaõ q estavamos sentindo ali, ele me tocava c maestria, seu cacete estava estorando dentro da calça jeans, naõ me contive e desabotuei aos beijos e comecei a alisar o cacete dele. 

                  Claudio me beijava e escorregave suas maõ em minha bundinha, falando coisas ao meu pé do ouvido, dizia naõ acreditar q eu estava sendo dele novamente, e melhor agora como mulher, e dos outros rssss, muito safado, mas aquilo me exitava muito, começamos a tirar nossas roupas sem sentir, eu estava só com minha tanguinha a merce daquele homem gostozo, jovem como eu, pele macia , nos jogamos na cama e fiquei por cima de claudio, beijando cada centimetro do corpo dele, adoro chupar um homem, mordiscava os peitos dele descendo pelo corpo chegando ate as coxas grossas do Claudio, o cacete dele ja estava saltando p fora da cueca, qdo comecei passar minha boquinha suavemente por tda extençaõ daquele pau lindo, era enorme grosso, o de meu marido, é taõ pequeninho q senti pena, eu fiquei por quase 20 minutos mamando aquele colosso, mordia devagar cospia, mamava, enterrava, sei como saciar um homem com uma chupada, Claudio urrava, dizia ser a melhor chupada q ja tinha levado, me chamava de putinha linda, dizia q eu ia ser comida como o corno de meu marido naõ tinha capacidade de comer, fiz ele gozar na minha boca, deixando sua porra escorrer pelos meus labios, fiquei acariciando aquele pau e em minutos ja estava duro e recomposto, com o pau babando de novo, fizemos um 69 ele me fez gozar umas 3 vezes, ai ele me deitou de bruços afastou minha bundinha e começou a pincelar a pica dele em minha bucetinha, me provocando, ate q enterrou com tudo em movimentos bruscos, puxando meus cabelos e batendo aquele corpo em meu bum bum, era demais, pedi p ele deitar e me sentei em cima daquela vara gigante, fui sentando aos poucos, ouvindo gemidos dele, pedia para chamar meu marido de corno, ele obedecia, transamos de tdas formas que se possa imaginar por quase 8 hs, nem eu me reconheci, pedimos uma pizza e voltamos p foda, nunca me senti daquele jeito e nem nunca imaginei q uma mulher pudesse ser possuida daquela forma, foram dois dias trancados naquele ap transando, mas tinha a hr de voltar a realidade, voltar para casa, nos despedimos.

                        Claudio deixou claro q queria me ver novamente, voltei p casa e fui recebida por marcelo q muito apaixonado me beijou e disse estar com muita saudade, fiquei decepcionada, e naõ resisti td aquilo e acabei confessando a ele q naõ o amava mais, ele me perguntou se tinha acontecido algo, eu acabei dizendo q sim e queria me separar, para minha surpreza marcelo começou a chorar disendo q naõ queria me perder, q suspeitava q um dia isso pudesse acontecer, pois ele admitia q naõ era homem suficiente para me saciar como femea, me espantei c aquilo, mas fiquei a pensar no q fazer, ele era um bom homem, cuidava de mim , por q naõ continuar com ele e ser saciada por Claudio quando estivesse carente, Ele aceitou, quem sou eu para rejeitar uma oferta dessas, ja fazem 2 anos q estou me encontrando com o Claudio e vivendo com meu mansinho submisso, muito bom,,rsssss

3 comentários:

  1. Boa noite!

    Convite Especial à todos os meus amigos e parceiros:
    Festa de Inauguração da Casa de Anita...será um prazer tê-lo em nossa festa!
    Beijos suculentos!

    http://intimasintencoes.blogspot.com.br/2012/04/casa-de-anitasejam-todos-bem-vindos.html

    Te espero por lá...aproveite para pegar nosso novo banner..beijos suculentos!

    ResponderExcluir
  2. Realmente um relato intenso, e comovente.


    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  3. Muito excitante....sou comedor de esposa d e corno mansi herus.mineiro@gmail.com

    ResponderExcluir