quinta-feira, 13 de novembro de 2014

SOU UMA SAFADA... DEI PARA O MEU CUNHADO



Chamo-me Camila, e nasci com tudo o que os homens gostam seios fartos, cintura fina, quadris largos e uma bunda que não deixa a desejar. Namoro há 02 anos, e era muito fiel ao meu namorado, nunca nenhum homem me chamou atenção, mas sempre percebia que meu cunhado me olhava de forma diferente, ele me olhava dos pés a cabeça. Até que um dia fui dormir na casa do meu namorado e ele estava lá, cheguei cedo, resolvi ir tomar um banho, pois como vinha da musculação estava muito suada. Meu cunhado como de costume me recebeu com um lindo sorriso e uma bela olhada, me elogiou dizendo que eu estava linda, meu namorado, coitado, nunca percebeu os olhares famintos que seu irmão tinha sobre meu corpo.Larguei minha bolsa no sofá, e peguei a toalha para tomar um banho, afinal estava muito suada. Meu namorado disse que iria até ao mercado comprar algumas coisas, pediu até para o irmão ir, mais ele com certeza se negou dizendo que não iria perder o filme por nada, então meu namorado saiu.

Eu entrei para o banheiro e meu cunhado permaneceu na sala vendo TV. Enquanto tomava banho comecei a lembrar das olhadas do meu cunhado principalmente para os meus seios, meu cunhado é um cara sarado, alto, moreno e muito gato, tem um olhar de deixar qualquer mulher de calcinha molhada. Fiquei surpresa comigo mesma, como podia eu me excitar lembrando do meu cunhado. Terminei o banho e meu namorado não tinha chegado, então foi quando lembrei que tinha esquecido as minhas roupas no sofá da sala. Fui até a sala, procurei minhas roupas, enquanto isso meu cunhado não tirava os olhos de mim, ele me olhava como se estivesse imaginando eu peladinha na frente dele, até que algo chamou minha atenção, um volume enorme quase pulava de sua bermuda, ele tentou disfarçar, mais não deu, então eu olhei pra ele dei um sorriso bem provocante, e disse, o que tanto olhas em mim?, ele se sentiu mais a vontade, levantou-se veio próximo de mim e disse que o irmão dele era um cara de sorte, eu com uma cara de safada, gostando da situação e louquinha para sentir o seu enorme cacete em minha chaninha, perguntei se ele queria ter a mesma coisa que o irmão dele tinha a tempos, e ele com a cara surpresa disse que sim, e não conseguia mais pensar em algo a não ser em mim.

 Eu fiquei muito excitada com toda aquela situação, comecei a pensar como seria aquele homem me fudendo gostoso. Ele disse que queria ter um segredo comigo, e eu disse que eu era ótima de guardar segredo, até que ele veio até perto de mim e começou a acariciar meu pescoço, me abraçou bem forte e me empurrou contra a parede, sarrando gostoso no sentido de sobe e desce, eu já não agüentava, quando de repente ouvimos o carro parar, era meu namorado. E agora? Corri me tranquei no quarto, e fui trocar de roupa, enquanto meu cunhado voltou a assistir ao filme. Meu namorado entrou, deixou algumas coisas em cima da mesa e foi até ao quarto, onde eu estava vestindo a roupa, ele entrou trancou a porta e veio me beijar, eu que já estava mais que excitada com toda aquela situação, e meu namorado veio me beijando bem forme e sarrando do mesmo modo em que o seu irmão tinha sarrado, tirou minha roupa me lambeu toda a minha bocetinha e me fudeu gostoso, enquanto isso, meu cunhado, estava na sala, meu namorado me chupou toda, eu o lambi por inteiro, porém imaginando como seria chupar a pomba gostosa do irmão dele, fiz amor com meu namorado pensando no meu cunhado, depois que terminamos tudo saímos do quarto, confesso que eu fiquei meio sem jeito em saber que meu cunhado sabia que eu estava transando com o irmão dele, mas não deixei ninguém perceber.

Meu namorado foi tomar um banho e eu fui até a cozinha guardar o que ele tinha comprado meu cunhado quando viu que meu namorado está no banho, não pensou duas vezes e foi até a cozinha, estava na geladeira, quando nós viemos e me deu um abraço por trás, e começou a alisar meus seios, dizendo que estava louco só de pensar que o irmão dele estava fazendo o que ele queria fazer, fiquei louca de tesão, ser desejada daquele jeito; ele começou a alisar minha barriga, e foi subindo as mãos e pegou com muita força em meus seios, fiquei louca, disse pra ele parar e ele não parou, queria resistir mais não conseguia, disse a ele que era arriscado o irmão dele nos pegar, mais quanto mais eu falava mais ele se excitava, ele me colocou de frente a ele e começou a chupar meus seios, perecia que nunca tinha mamado na vida, sugava meus mamilos ora com força ora passava só a ponta da língua, eu já louca de tanto prazer, comecei a passar a mão em seu pau, me surpreendi, e disse ? minha nossa que cacete enorme, dá vontade de lamber tudo?, ele não pensou duas vezes, tirou a bermuda e colocou seu membro gigantesco pra fora, eu cai de boca, lambi ele todo, minha chaninha estava inchadinha, louca para ser penetrada por aquele pau grande e grosso, parei de chupá-lo quando vi que corríamos muito risco do irmão dele aparece, já que fazia certo tempo que estava no banho, decidi parar, olhei pra ele e disse que era melhor esperar mais um pouco, pois se o irmão dele chegasse não ia dar certo.

Paramos me recompus e fui até o banheiro para ver se meu namorado já havia terminado o banho. Depois de um tempo jantamos, e o irmão dele disse que iria dormir lá, já que estava tarde. Meu namorado concordou. Eu e meu namorado entramos para o quarto e o meu cunhado gostoso, foi até o quarto dele. Meu namorado não queria me dar sossego, queria sexo e mais sexo, disse que naquela noite eu seria toda dele, foi quando ele me apresentou um gel lubrificante, queria penetrar gostoso no meu cuzinho, mais eu tinha medo, nunca tínhamos feito isso, mais começamos a transar, eu estava piradinha de excitação, queria gozar muito naquela noite, meu namorado começou me chupando, me lambendo dos pés a cabeça, pegou seu cacete gostoso e colocou em minha boquinha, lambi ele todo, lembrando do meu cunhado, afinal era muito excitante tudo o que estava acontecendo, eu queria pau no meu rabinho, na boca, na bocetinha, queria tudo, queria gritar, gemer, queria que o m eu cunhado escutasse o meu tesão e de propósito, gemi um pouco alto, meu namorado disse que eu fizesse mais baixo, mais não dava queria que meu cunhado ouvisse, meu namorado queria comer meu cuzinho, mais eu não deixava, tinha medo, mais ele me colocou de quatro e com seus dedos foi enfiando no meu rabinho e lambendo tudinho, eu estava ficando cada vez mais com vontade de fuder, mais tinha medo, ele colocou gel em todo o seu membro e no meu rabinho também, eu tinha medo, mais queria, então dei sinal verde, ele começou a penetração, colocou a cabecinha, doeu um pouco, mais como eu estava cheia de tesão, deixei ele ir em frente, ele colocou a metade, mais não agüentei e pedi para ele parar.

Continuamos a transar de outros modos, ele deitou e eu fiquei de costas pra ele, ele metendo com força, gozamos quase que instantaneamente, foi ótimo, fomos ao banheiro e tomamos um banho, nos deitamos, ele como estava muito cansado dormiu logo, e ele quando dorme, não acorda fácil, eu como sou uma ?moça? que não durmo fácil, ainda mais imaginando o meu cunhado no quarto ao lado, não pensei duas vezes, deixei meu namorado dormindo, me levantei e fingi ir beber água, passei na porta do quarto do meu cunhado, estava trancada, queria saber como ele estava, tomei água e decidi bater na porta dele, ele estava só de cueca, e excitado, e eu com uma camisola linda e transparente, porém com um sobre tudo, ele abriu a porta e perguntou pelo irmão, eu disse que estava dormindo, eu entrei no quarto dele, sentei na cama e ele veio até a mim e disse que tinha ouvido meus gemidos, eu disse que queria gemer pra ele, que não dava pra segurar a vontade de sentir ele dentro de mim.

Ele não exitou e veio até a mim, começou tirando meu sobretudo, abriu minhas pernas, e começou a me lamber, lambia com gosto, mordia meu clitóris, e chupava tudo, ele começou a lamber meu cuzinho, nossa como eu fiquei doida, ele viu que eu gostei e continuou a lamber o meu cuzinho, beijou meus seios, beijou minha boca, meu pescoço, tirou o cacete dele pra fora, e eu cai de boca novamente, queria engolir, queria sentar em cima e gozar pra ele, chupei tudo, depois peguei seu pau que nessa hora já estava mais que duro, e comecei a passar na minha bucetinha recém fudida, estava encharcada, ele abriu ainda mais as minhas pernas e colocou a bacecinha e tirava, e eu pedindo para ele colocar logo, ele tirava e botava, até que ele botou de vez, nossa, como era bom, era muito tesão, ele começou a penetrar com força, quase estava gozando, eu fiquei em pé ele metendo por trás, aquele homem de deixava louca, até que ele pegou o pau dele e começou a passar no meu cuzinho, minha nossa, eu não pensei duas vezes quando olhei pra ele e disse, vai em frente,

Ele viu q era quase  virgem e meteu com cuidado, doeu um pouco, aquele pau grosso só podia doer, eu não parei me inclinava mais, ele colocou tudo, e feito um louco acelerou e gozou dentro do meu cuzinho, eu fiquei louca de tesão, logo ele trocou a camisinha e meteu mais ainda na minha bucetinha, eu estava quase gozando quando ele caiu de boca na minha xana inchadinha, ele me chupou de uma forma tão diferente que gozei na boca dele, minha nossa eu nunca tinha conseguido gozar com sexo oral, ele estava mais que excitado, tirou a camisinha e pediu que eu o lambesse, eu o lambi todo, e ele gozou mais uma vez, só que dessa vez nos meus seios que ele admirava tanto. Terminando essa loucura, corri para o banheiro, tomei um banho rápido e voltei para terminar a noite com meu namorado dorminhoco.

Um comentário:

  1. oiee mulheres meu nome é Roberty tai meu whats 051993905044 só chamar sei que vão adorar. não vão se arrepender juro

    ResponderExcluir