terça-feira, 10 de novembro de 2015

GLORY HOLE ou CUBO MAGICO

Olá, a todos! Por questão de segurança não vou dizer aqui nomes e nem muitos detalhes meu e de meu marido. Só o suficiente para viajarem juntos aos contos e se deliciarem de tesão…
Pois então, estávamos, eu e meu marido, conversando e relembrando nossas fantasias e sempre há aquela parte da falta de idéias, principalmente quando experimentamos muita coisa.

Antes de tudo tenho 1,67 de altura, seios médios, corpo violão e um bumbum que meu marido adora. Nossa transas sempre foram intensas e de um tempo para cá ele me pediu que se soltasse mais e realizássemos algumas fantasias. Confesso, ainda, que ele foi meu primeiro homem e tudo que sei sexualmente falando foi ele que me ensinou…

Demorou muito tempo para ter coragem de aceitar o fato de ele sempre pedir que fôssemos mais libertinos no sexo. No começo foi ainda mais difícil, pois não entendia nada sobre o assunto. Com o tempo e com bastante paciência, principalmente por parte dele, fui lendo e descobrindo um mundo excitante e delicioso do sexo liberal. Confesso que experimentamos muita coisa e acredito também que há muitas outras a ser experimentada. E nesse meu primeiro conto será um que ele já escreveu anteriormente; para ser mais exata foi o primeiro deles. Tentarei através deste colocar os fatos de acordo minha visão e meu ponto de vista…
Era um começo de noite de uma sexta-feira e estava maquiando em frente a penteadeira. Naquele exato dia iríamos entrar pela primeira vez ao submundo das loucuras e libertinagem, e confesso que o medinho estava fazendo parte de mim. Era como se fosse nossa primeira vez e o frio na barriga era constante… Ai Meu Deus! Não podia desistir… Não naquele dia. Seria injusto com ele. Mesmo depois de muita paciência e empenho dele; não poderia recuar. Mas o medo me assolava…

Percebi, então, que ele chegara, pela batida da porta… Escutei o barulho das chaves colocadas na mesa e dos passo dele vindo até onde eu estava. Ele entrou no quarto e pelo espelho vi-o vindo até mim. Senti seu beijo no meu pescoço e logo me arrepiei… Depois disso ele disse com a voz mais gostosa do mundo o quanto eu estava linda e logo sorri agradecendo. Pedi-o que fosse se arrumar, não queria que ele visse minha tensão…

Se tem uma qualidade nele é que ele se arruma bem rápido, pois quando terminei a maquiagem ele já estava me esperando na sala. Partimos juntos para aquela loucura e confesso que estava suando mais do que o normal…
No caminho ouvi seus elogios e só de imaginar-nos naquela loucura fui ao mesmo tempo ficando excitada, mas nervosa. Ele tentava de todas as formas me dar confiança, mas sentia que aquilo era demais para mim… Só que resolvi não falar e procurei ficar calada até chegarmos. Quem sabe lá eu deixo esse medinho pra trás…
Meu Deus! Chegamos! Tínhamos ido em algumas casa de swing algumas vezes; mas naquele dia meu coração disparou com aquele local novo… Senti minha mão suando e estava quase que em estado de pânico. Procurei de antemão não estragar tudo, pois via no meu amor toda a felicidade do qual ainda me fez ter forças…
Combinamos de que não poderíamos de forma nenhuma ser reconhecidos naquele ambiente, e de início decidimos usar máscara para preservarmos um pouco nossa privacidade. Escolhi a minha e ele a dele; partimos depois para o bar e confesso que ao observar o ambiente comecei a ficar mais calma.
Ele pediu o uísque dele e eu uma batida com bastante vodka… Queria logo tirar aquele medo que estava açoitando-me, já que não poderia desistir. Estávamos ali diante da felicidade total dele… Era hora de ter coragem…
E então na metade do meu segundo copo, ele veio bem pertinho e disse que estava louco para me ver se soltando. Disse ainda que ali seria nosso divisor d’água e que depois daquela noite tudo seria mágico. No mesmo momento senti sua mão na minha coxa e comecei a ter um calor emanando das minhas partes íntimas. Refleti que tinha que afastar da ideia de alguma coisa dar errado… E logo comecei a bloquear os pensamentos negativos. Com isso comecei a relaxar e logo troquei a ansiedade pela excitação.
Quando já estava terminando o segundo copo procurei surpreendê-lo dizendo que minha boceta estava molhadinha e que estava louca para chupá-lo. Só isso foi o suficiente para ele ficar louco de tesão e felicidade! Como palavras tem poder, não é mesmo?… Pois então vi que ele ficou empolgado e sugeri que fôssemos a um sofá ali perto para que pudesse chupa-lo… Fomos e procurei-me sentar na pontinha. Ele ficou de pé a minha frente e naquele momento já dava para ver o volume que fazia em suas calças… Meu Deus! Confesso que estava louca para senti-lo em minha boca… De poder chupá-lo e ao mesmo tempo ver suas reações…
Fui então com as mãos desabotoando as calças e retirando sua pica pra fora… Nossa! Como estava dura e pulsante!!! Meu DEUS! Segurei-a firme pela base e sem perder tempo fui colocando-a em minha boca. Bem devagarinho… Ao mesmo tempo procurei olhar nos olhos dele e Meu Deus, que tesão!… Parecia que ele ia ficar louco… Fui então fundo na primeira chupada e senti-a na garganta e depois voltei, vagarosamente… Tenho certeza que ele ficou louco com aquilo, pois naquele momento seu gemido foi sensacional… Depois disso tirei-a pra fora e procurei dar uma leve lambidinha na cabeça! Ela magistralmente deu um salto naquele instante; para cima e para o lado… Meu Deus! Adoro quando ela faz isso! Só de lembrar e escreve aqui já estou ficando excitada… Pois então depois disso fiz um boquete molhadinho e fui sentindo seu gostinho delicioso pela boca. Confesso que para mim; senti-lo, vê-lo ou ao mesmo tempo escutar que ele está meladinho de excitação; já me faz tremer as pernas… E naquele momento pude sentir seu pau soltando aquele líquido clarinho… Simplesmente uma delícia!!!
Então, naquele momento estávamos com tanto tesão que não tive como; abri as pernas e comecei a me masturbar… Queria chupá-lo e ao mesmo tempo elevar meu tesão! Com a mão esquerda comecei até que senti seu pau pulsando em meus lábios… Meu Deus!!! Aquilo foi o máximo para mim… Uma delícia indescritível quando seu pau faz isso!… Ele sempre me dizia que é involuntário aquele movimento; só sei que dá mais vontade de chupar…

Ele então sentindo minha chupadas foi se divertindo até que se abaixou e confidenciou que tinha algumas pessoas nos observando… Nossa!! Não tinha minha atentado!!! Minhas atenções estavam somente para aquele boquete saboroso… Quando então olhei para os lados; vi dois casais fitando o que estávamos fazendo… MEU DEUS! Aquilo mexeu comigo… Meio que me deixou sem ar… Não não sei explicar, mas olhei para meu marido, sorri e continuei no que estava fazendo, com mais tesão ainda… Minha Nossa! Era tanto tesão que estava sentindo que comecei a mamar e suga-lo com mais desenvoltura e desejo… E ele, por sua vez, ia me ajudando com o cabelo, colocando-o para trás e forçando minha cabeça, também…

Continuamos naquele boquete no meio do clube quando senti que seu abdômen começou a tremer… Percebi na hora que ele estava prestes a gozar. Naquele momento interrompi de imediato o que estava fazendo; e sadicamente procurei olhar para ele e levantar… Depois disso puxei-o para um beijo e disse em seu ouvido que estávamos ali por uma razão ainda mais gostosa… Nossa!… Mais uma vez tinha dito aquilo, mas nem sei porquê; só sei que ele amou… Vi então em seu olhar um desejo absoluto que quase me fez gozar… Fui sem pensar com as mãos à boca e senti o gosto da minha bocetinha melada nos dedos, Meu Deus!!! Ela estava com um sabor delicioso…

 Naquele momento ele balançou a cabeça e mais uma vez sorriu todo bobo… Depois disso me puxou para outro beijo e na mesma hora refleti que aquilo tudo poderia ser à custas da vodka que tinha bebido… Talvez ainda poderia ser o tesão de ser observada enquanto chupava-o… Só sei realmente que aquilo tinha me feito louca… De agir sem pensar… Do tipo quero mais! Quero muito mais!!
Ficamos depois disso vagueando até ter a coragem e dar-lhe o ok para que fossemos ao Cubo Libertino. Nesse momento meu coração estava tão e meu tesão tão alto que já existia chance de desistir… Sei também que aquela era uma fantasia dele… Mas no momento em que me aprofundei sobre o assunto; comecei a me interessar. Até mais que ele… Estava louca para sentir um pau novo em minha vida. Tinha noites que pegava o celular e enquanto ele estava dormindo; ia assistir os vídeos de Gloryhole americanos… ; ficava louca com aqueles paus sendo colocados ali naquele buraquinho!… Gozava duas, três vezes; imaginando se fosse eu ali! Só o fato de você puder fazer o que quiser com um pau, sem poder se envolver com a pessoa; era o que me excitava!

E existia o âmbito da safadeza, isso me dava vontade de experimentar… De puder um dia mamar, chupar e até ser comida por um pau diferente do que tinha em casa… E depois de saciada; ir para casa, como se nada tivesse acontecido…. Mas para isso teria que ter minha vez e era hoje que ela iria acontecer! Hoje seria o grande dia da minha vida!!! Confesso que lá no fundo estava desesperada de como fazer… Ainda mais depois de inúmeras desistências… Mas não queria que ali fosse um momento de acuar… Respirei bem fundo e disse que estava mais do que na hora… Naquele momento, também, vi nos olhos de meu marido uma felicidade imensa… E queria fazer com que ele sentisse mais do que estava sentindo… Aquele sentimento era mais do que suficiente para me dar coragem… Virei então para ele e disse: Estou pronta!…

Paramos, então, em frente a porta do Cubo Libertino e ele abriu a porta para mim. Ele entrou primeiro e pude perceber que dentro do cubículo havia um espelho de frente para a porta e uma parede preta de cada lado. Havia também os famosos buracos sagrado nas paredes…  Tentei controlar minha ansiedade e respirei bem fundo… Ele saiu para que eu pudesse entrar, e então entrei e virei para despedi-lo… Naquele momento ele procurou tranquilizar-me dizendo que estaria do outro lado do espelho, louco de tesão assistindo-me… Dei-lhe um beijo demorado e fechei a porta, quase que desesperada…

Estava bem escuro, mas o suficiente para ver meu reflexo pelo espelho… Aproximei um pouco mais e ao reparar na máscara logo me senti segura… Sabia que ninguém poderia reconhecer-me e então fui me acalmando pra não fazer feio. Fechei um dos buracos, precisamente o da direita, deixando somente o lado esquerdo disponível. Não queria mais do que um pra iniciarmos; e me sentindo bem mais calma comecei até relembrar os vídeos que via em casa masturbando… Minha excitação foi voltando e então despi de minha calcinha… Não queria nada me atrapalhando no momento em que chupasse um pau novo…

Foi aí que vi um pau entrando no gloryhole…  QUE TESÂO QUE SENTI NAQUELE MOMENTO!… Só o fato de ele ter sido colocado ali naquele buraquinho já me fez tremer as pernas… Relembrei dos videozinhos e logo senti meu tesão explodindo com aquela loucura… Olhei então para o espelho e com uma das mãos aproximei e toquei-o… Estava loooouca para finalmente sentir algo novo em minhas mãos… Quando encostei, MINHA NOSSA! SENTI MEU CORPO TODO ESQUENTANDO… Devia ter uns 22 a 23 centímetros… E Bem Grosso! Maior que todos os meu brinquedinhos e um pouco maior do que o do meu marido… Fui então como todo carinho alisando até começar a masturbá-lo levemente…
Tudo foi automático e sem pensar muito… Ajeitei-me então e fui louca querendo sentir o gosto daquela pica… Aproximei-a da boca e no momento em que a senti na língua; percebi seu gostinho salgado misturado com o cheiro de macho delicioso… MEU DEUS! Continuei carinhosamente passando a língua e naquele momento percebi o quanto ela era realmente enorme para mim. Fui então imaginando-a entrando em mim; rasgando minha boceta e MEU DEUS! Já estava até vendo estrelas…

Percebi que ela não caberia por inteiro em minha boquinha, mas quem se importa; estava louca para devorá-la e então iniciei um dos boquetes mais deliciosos da minha vida. Era tanto tesão que estava sentindo que estava suando naquele momento. Desci então minha blusinha e ajoelhei para me satisfazer e satisfazê-lo melhor…

Estava mais do que ansiosa para colocar, também, aquele saco em minha boca… E sei que quando faço isso com meu marido o urro é inevitável… E com o desconhecido não foi diferente… Escutei-o mesmo sem poder vê-lo… Meu Deus! HNNNNN!!!… Que Saco ENORME E GOSTOSO!!! Quando comecei a chupá-las deliciosamente outro urro veio da parede… não estava nem aí se o cara estava achando bom ou delicioso… Só queria-as para brincar de chupá-las… MEU DEUS! QUE TESÃO ABSURDO ESTAVA SENTINDO…

Continuei entorpecida de tesão e depois de um bom tempo gasto nas bolas; comecei a bater aquele pau enorme no meu próprio rosto… Naquele momento tinha me entregado loucamente as sensações… E confesso que quando esta sensação chega é orgasmo na certa…. Com aquela pica enorme na minha frente; não podia ser diferente… Senti um turbilhão de emoções tomando conta de mim e comecei a gozar só de batê-la…  FOI FORTE… Queria terminar de gozar mamando-a… Coloquei-a rápido na boca e fui carinhosamente sugando até que escutei uma voz vindo da parede que estava prestes a gozar…
Tirei-o da boca e levantei meu corpo… Estava louca pra levar porra nos seios… Continuei então masturbando-o até que um jato saiu forte acertando meu pescoço… Que Vigor! Continuei então nos movimentos e mais semên foi saindo; só que mais fracos… Distribuí-os no meio de mim. Que delícia!…

Sentir aquela porra pelando logo me fez gozar novamente… MÁGICO!!!
Depois disso, levantei-me e fui preparando para sair…
Fui ao banheiro e na volta encontrei meu marido todo sorridente no bar… Contei-lhe do que senti naquela loucura e ele me surpreendeu sobre uma travessura dele com uma loira, pelo lado de fora… Achei que ia ficar enciumada com os detalhes, só que aquilo renovou meu ânimo. Estava louca para senti-lo dentro de mim… Pagamos a conta e continuamos em casa numa comemoração épica de nossa primeira fantasia realizada… Foi demais!…

autor contoseroticossafados

Um comentário:

  1. acessem www.seducaodeafrodite.blogspot.com.br ...estou te esperando!!!

    ResponderExcluir