sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

CASEI COMO UMA EVANGELICA VIUVA



Na minha noite de núpcias eu havia planejado deflorar minha esposinha. Claro que ela não era mais virgem, afinal era seu segundo casamento e tinha dois filhos, mas seu cuzinho era virgem. Seu finado primeiro marido era evangélico e extremamente conservador. Quando começamos a namorar, ela parecia uma adolescente virgem: só queria transar no escuro, dizia que não gostava de sexo oral nela e não fazia boquete. Foi dureza levá-la para cama e mais difícil ainda convencê-la de que sexo oral não era pecado, mas depois que ultrapassamos esta barreira, ela foi tomando gosto e virou uma verdadeira puta na cama.

Clarisse era uma mulher de 35 anos, 1,65 m, morena clara, cabelos encaracolados, rosto bonito, seios médios perfeitos tipo pera com mamilos escuros e bicudos, cinturinha fina e bunda grande e sem celulite. Ficou viúva aos 28 e a conheci quando tinha 30, no auge da beleza.
Eu estava ansioso pois ela deixava eu enfiar o dedo no seu cuzinho apertado, mas enfiar o pau não deixava. De tanto insistir, ela prometeu deixar na noite de núpcias.

Eu esperava pelado na cama enquanto ela se preparava no banheiro. Como toda mulher, demorou bastante, mas saiu do banheiro linda como nunca. Vestida com uma lingerie branca, ela veio para a cama com um sorriso sacana no rosto. Beijei sua boca carnuda e rolamos na cama. Fui tirando a lingerie com calma. Primeiro o sutiã, depois a calcinha, que estava bem cravada na bunda. Ela só ficou de cinta-liga. Clarissa estava cheirosa e toda depilada. Chupei seus peitos deliciosos, lambi sua barriguinha até chegar na xoxota. Lisinha, cheirosa, era tudo de bom. Clarisse arreganhava as pernas expondo a xoxota ao máximo.

Por mais que apreciasse de ser chupada, Clarisse gostava mesmo de pau. Ela pediu rola, não queria que eu metesse, ela queria chupar. Fizemos um 69 e ela mamava minha rola com fome. Enfiava metade na boca é engasgar, chupava as bolas, lambia da cabeça à base.Pedi para meter pois não queria gozar na sua boquinha antes de comer sua boceta. Clarisse deitou na cama de costas e separou as pernas segurando os joelhos. Meti fundo naquela xoxota melada. Meu pau se encaixava justinho na xoxota. Soquei rola beijando sua boca. Clarisse pedia mais rola. Queria que eu enfiasse até as bolas. Sua boceta tinha fome de rola. Meti feito um touro. Cravava fundo e rápido. Clarisse cansou de segurar os joelhos e quis vir por cima. Ela adorava cavalgar, e como cavalgava bem! Mostrando seu preparo físico (faz uma hora de esteira todos os dias). Às vezes, ela sentava e mexia o quadril em círculos fazendo o pau dançar em seu interior, ou mexia para frente e para trás esfregando o grelo na minha pélvis. Estava tão bom que eu tinha que me segurar para não gozar.

Ela segurava minhas mãos para se apoiar e me dava uma surra de boceta. Suas sentadas ficavam mais bruscas. Ela apertava minhas mãos esmagando meus dedos. Da sua boca saia um urro como uma fera e então gozou dando trancos de boceta no meu pau. Clarisse saiu de cima e voltou a chupar meu cacete. Ela estava sedenta de porra e chupava com força. Relaxei e gozei na sua boquinha gostosa. Clarisse engoliu tudo, lambeu os beiços e sorriu para mim.

Como não sou mais novinho, precisei de uma pausa para recuperar as forças. Recuperado, falei que queria ver sua bundinha. Clarisse ficou de quatro e arrebitou o lombo. Separei as nádegas e lambi o rego lisinho. Enfiei a língua no seu cuzinho e Clarisse gemeu. Ela disse que estava limpinho para mim. Peguei o gel e passei na argolinha. Ela gemia e rebolava enquanto eu enfiava o dedo. Enfiei o dedo todo e senti seu reto macio e receptivo. Passei gel no cacete e apontei para o alvo. Clarisse disse para eu ter cuidado. Ela abraçou o travesseiro preparando-se para o empalamento.

Forcei o cacete até entrar a cabeça. Ela urrou de dor. Esperei ela relaxar e voltei a forçar. Entrou a metade e parei. Clarisse gemia de dor mas não pedia para parar. Era eu que não queria machucá-la. Depois de uma longa pausa, senti que ela estava relaxada e enfiei o resto. Perguntei se estava doendo e ela disse que sim. Nova pausa. Comecei a mexer devagar. Clarisse falava que doía, mas estava gostoso. Aos poucos fui acelerando as estocadas sem fazer movimentos bruscos. Ela gemia num misto de dor e prazer. Percebi que ela tocava siririca. Depois de um tempo eu já metia normalmente. Clarisse não reclamava mais e seus gemidos eram só de tesão. Ela começou a forçar a bunda para trás e seu cuzinho ficou mais apertado.

A safada estava gozando. Seus gemidos de gozo eram altos. Era simplesmente delicioso. Como eu já havia gozado uma vez, estava longe de terminar. Soquei rola naquele cuzinho por um bom tempo e pedi para ela deitar na cama. Ela pensou que eu ia meter na xoxota e se arreganhou toda, mas eu queria comer seu cuzinho pela frente. Coloquei um travesseiro sob sua bunda e levantei suas pernas para expor seu cu. Meti rola nele por um bom tempo. Nesta posição, podia beijar sua boca e chupar seus peitos. Clarisse adorou a posição. Fiquei ereto e soquei rola dedilhando seu grelo. Clarisse gemia e dava sinal de que ia gozar. Foi quando enfiei dois dedos na sua bucetinha apertada, enquanto meu pau estava por inteiro na sua bundinha. A mulher delirou, vi que seu rosto mudou de feiçao, ela estava selvagem, pediu mais, pediu para nao parar. Se sentia preenchida, falou que me amava. Como era muito recatada, eu me segurei, mas depois nao aguentei, perguntei se ela era minha puta. Ela começou a gritar gemedo falando que era minha puta...minha puta. Tive que me segurar para ela gozar primeiro novamente. Clarisse gozou fazendo careta e logo em seguida pediu para eu gozar. Tirei meu pau e meus dedos... e bati ate gozar na sua barriga e seus peitos.



Clarisse falou que doeu muito, mas também foi delicioso. Deitados na cama, logo caímos no sono.
.

2 comentários:

  1. censsasional sua historia seu conto o cegredo de uma lua de mer;;;;;; e se alguma mulher Evangelica entrar neste blog e tem fantasias desejos fetiches e quer realizar é só nós combinar iuzektopa@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. postagens excitantes e lindas...

    Adorei a postagem ..

    Delicia mesmo!

    Gostaria que olhassem minha pagina..

    www.intimoesigiloso.blogspot.com
    (pessoal)

    http://cuckoldworld.blogspot.com.br
    (Movies de Cornos)

    ResponderExcluir