sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Ah se sempre fosse assim

  Ola a historia que conto aqui é verdadeira e aconteceu entre eu e um
ex namorado meu. Meu nome é Elisa e o dele Cadu, eu sou morena cabelos
lisos ate os ombros meus olhos sao verdes escuros(quando eu era mais
nova eram mais claros) e meu corpo é aquele de falsa magra, ja que meus
seios nao sao grandes nem pequenos, meu bumbum nao é enorme mas é
certinho com tudo no lugar pois faço bastante esportes para ter uma
barriguinha bem saradinha, o meu ex o Cadu nao é nada demais mas é magro
tambem tem uma barriguinha de quem bebe cerveja mas nada demais e o
melhor de tudo te um pau muito gostoso daqueles que voce nao quer soltar
mais porem a sua especialidade nao é o uso dele e sim de sua boca, vamos
lá ao conto logo pois ja estou dando sinais de tesao.

               Na epoca faziamos faculdades juntos quando namoravamos
serio e a maioria das vezes transamos sempre no carro de frente pra
minha casa quando ele ia me deixar era otimo porque na maioria das vezes
como ja tava tarde agente transava eu entrava pra casa tomava um banho e
dormia sonhando com os anjos. Na primeira vez que fizemos isso ja
tinhamos transado mas nunca no carro ainda. Estavamos voltando da
faculdade cheios de tesao e de brincadeiras ele com as maos na minha
perna e eu com a mao esquerda pousada sobre seu pau por cima das calça.
quando entramos na minha rua meu pai estava guardando o carro e nos viu
chegando mas nao viu nada do que ocorria e quando ele foi fechar o
portao avisou pra nós nos despedirmos logo pois era perigoso ficar no
carra na rua naquele horario. Cadu o comprimentou e eu falei que ja
estava entrando, quando ele fechou o portao Cadu olhou pra mim e falou -
voce nao tem coragem de botar esse meu pau pra fora agora e bater uma
punhetinha pra mim. Eu falei que ele nao me conhecia e ele falou qque
conhecia sim e sabia que eu nao faria eu olhei bem fundo nos olhos dele
e o dei um beijo quente, minha mao escorregou ate sua calça, abri seu
ziper passei pela cueca e peguei naquele pau gostoso e duro e comecei a
bater ali mesmo e o beijando cada vez mais forte ele sussurou que eu era
louca e que meu pai poderia sair. antes de ele acabar a frase me abaixei
e comecei a chupa-lo, ele gemeu tanto que achei que iria gozar mas nao
gozou e o safadinho ainda botou sua mao na minha bunda por dentro da
calça de leg e começou apertar meu bum bum ate encontrar minha xaninha
molhadinha, enquanto eu o chupava ele me bolinava bem gostoso enfiando e
tirando o dedo e passando na portinha e enfiando de novo por mais que eu
o chupava ele nao gozava e intensificava os movimentos em mim me
deixando louca por aquele pau e com toda aquela situaçao de tesao e
perigo que nos envolvia. Abaixei minha calça para facilita-lo e me
joguei um pouco para tras parando de chupa-lo como se eu tivesse me
cançado mas o safado entendeu ele agora se abaixou e começou a me chupar
na hora que ele botou a lingua quase voei de tanto tesao ele começou a
me chupar a lamber meu clitoris, suga-lo penetrava a lingua dentro da
minha xana, tirava chupava tudo em volta, meu grelo, ate que enfiou um
dedo enquanto chupava gostoso eu estava prestes a gozar quando acende a
luz de fora da minha casa era um aviso do meu pai para eu entrar naquele
momento me assustei ele se levantou eu sai do carro toda perdida nos
beijamos eu entrei e ele se foi, nós dois com o tesao a flor da pele. No
outro dia comentamos sobre o ocorrido e sobre como demoramos para gozar
e que tava tao gostoso que quase saimos da faculdade pra trepar mas nao
saimos deixamos novamente para o carro. Nesse dia ate saimos um pouco
mais cedo para aproveitarmos a brincadeira dentro do carro.

             No caminho eu ja procurava o seu pau e ele com as maos por
dentro da minhas pernas ja tocando a calcinha pois nesse dia nao fui
boba fui com uma mini saia para facilitar e fomos nessa brincadeira ate
a porta de casa como todos em casa esperava eu chegar entre 11:15 e
11:30 dessa vez chegamos na porta de casa éra 15 para as 11 entao
tinhamos muito tempo. Quando iniciamos de novo tudo igual ele falando
que eu nao tinha coragem e eu tirando o pau dele pra fora e chupando e
ele de novo com os dedos em mim ate que eu faço a mesma coisa me jogo
para tras como se estivesse cançada so para ele me chupar e foi o que
ele fez tudo de novo se abaixou botou a lingua na minha xaninha começou
a me chupar a lamber com a lingua pontuda no meu clitoris enfiava dentro
da xaninha tirava, lambia, cuspia enfiava um dedo eu tava de novo na
mesma situaçao mas ele parou olhou pra mim se acomodou e foi enfiando o
pau bem devagar o pau nao entrou muito certo mas devagar fomos nos
acomodando ate que senti ele me preenchendo por inteira e o vai e vem
lento e gostoso foi se tornando mais rapido, forte e intenso nossas
peles suadas o som de nossas coxas batendo, os gemidos, o perigo, tudo
dava uma sensaçao maravilhosa mas tinhamos que mudar de posiçao. virei
de frente para a porta do passageiro e mostrei pra ele minha bundinha
com a calcinha abaixada e a mini saia levantada ele colou em mmim por
tras e foi enfiando mais forte e me dando mais pressao segurava nos meus
seios e metia forte e gostoso nao aguentei muito tempo joguei ele no
banco dele e montei nele pra cavalgar sentei naquele pau deixei ele me
preencher e comecei a me mexer lentamente mas logo ja aumentei os
movimentos, pulei tanto que depois so conseguia me esfreggar no pau dele
gozei duas vezes uma logo no começo quando sentei e outra quando me
esfreva no pau e sai de cima acabada, toda descabelada com a roupa toda
aberta meus seios a mostra me recompuz e percebi que meu anjo nao tinha
gozado procurei os ultimos suspiros e voltei a chupa-lo nao precisou nem
um minuto ele puxou meu cabelo me tirando do pau dele e começou a sair
os jatos, algumas gotas resvalavam no meu rosto. quando ele acabou dei
uma limpadinha um beijo bem gostoso e entrei em casa. meu pai estava na
sala e ainda comentou - NOSSA HOJE VOCE CHEGOU NO HORARIO. PORQUE TODOS
OS DIAS NAO SAO COMO HOJE?? - EU pensei comigo "AH SE TODOS OS DIAS
FOSSEM COMO HOJE"

Um comentário:

  1. Adorei seus contos, me deixou cheia de tesao, vou seguir vc...

    ResponderExcluir