segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Dona Ivone. O boquete único

Ao lado da casa que moro atualmente, mora Ivone!, uma cinquentona, loira alta, sempre usa vestido longos, as vezes umas bermudas compridas e raramente jeans.Mas da p/ perceber que Ivone ainda "da um bom caldo", tem olhos bem azuis uma bunda grande, coxas roliças, e peitos pequenos.
Ivone mora só à muito anos, nunca se casou. Sempre que dá tempo quando a gente se vê batemos altos papos.
Na terça feira passada meu telefone tocou logo cedo, era ela me pedido para ajuda-la.
Ivone me perguntou se eu tinha furadeira, e se sabia e podeira instalar uma prateleira, num quartinho que ela tem no quintal. Prontamente me ofereci, pois somos bons amigos, fui lá com furadeira, martelo, parafusos, chaves de fenda, buchas e etc.
Enquanto fazia o serviço, conversamos sobre várias coisas, ríamos um pouco.
Serviço terminado guardei minhas coisas, então Ivone me perguntou: Quanto era o meu serviço?, lhe respondi que não era nada, que ela podia sempre me chamar se precisasse de algo que eu soubesse fazer.Ela agradeceu me ofereceu um café muito gostoso!
me encostei na pia de sua cozinha enquanto tomava o café Ivone me disse:
Você vai viajar?, eu respondi que não por esse dias então ela me falou:
- mas você já ta com a mala pronta, eu não entendi fiz aquela cara de quem está por fora e estava mesmo!.
Ela apontou o dedo para o emu pau! e disse: ai!!!! tá mesmo com a mala pronta!
Fiquei de pau duro na hora!!!!!!
Ivone se levantou da cadeira onde estava sentada, veio em minha direção ficou passando sua mão sobre meu cacete! e me beijando a boca, o pescoço, me enfiou a língua no ouvido e disse:- faz tempo que estou com vontade de fazer isso, mas sua namorada tá sempre por perto.
ajoelhou na minha frente abriu meu jeans abaixou-o e começou a me chupar!!!!!
iiiiiiiiissssss! que delícia a coroa chupa com uma maestria enorme, ela fica dando chicotada de língua por baixo da cabeça do pau, e olhando na minha cara.
Ivone dava umas babadas e umas cuspidas na cabeça, punhetava forte apertando e depois engolia inteiro, pois meu pau como já disse em outro contos não é dos enormes, é simples mente normal!, mas a boca da coroa que vive cheia de batom é um "show".
Ivone ficou me chupando uns 15 minutos, então grudou as duas mãos em ninha bunda, e aumentou a pressão dos lábios no meu pau e seu vai e vem ficou rápido, segurei em seu cabelo, e......... aaaaaaaaaaa!!!!!!!!! enchi sua boca de porra!. Ivone foi engolindo tudo e depois ficou apertando o meu saco e espremendo a cabeça do pau até sair a ultima gota! de porra.
Foi uma chupeta e tanto, então se levantou e me perguntou se eu tinha gostado, ao que respondi que sim e que iria querer mais vezes,ela disse que isso já era para ter acontecido mas lhe faltava coragem! apesar de notar meu jeito de olhar p/ ela em nossas conversas.
Então lhe confessei que já tinha batido muita punheta pensando nela! Ivone me disse que agora não precisava mais fazer isso.
Eu então disse a Ivone que dá próxima vez queria comê-la mas só faria isso se fosse "COMPLETO" , oral, anal, e vaginal.Ivone então soltou uma gargalhada e me disse:
"UÉ EU NÃO SEI FAZER DE OUTRO JEITO", você conhece um outro jeito de trepar?

Um comentário: